23 de outubro de 2011

Piece of my heart


(...)
Almocei. E sentei-me novamente no sofá, reparo que ainda não acendi a televisão, vislumbro o comando ao longe mas as minhas pernas estão tremules demais para se levantarem em busca do dito cujo. Deixo-me estar e fechando os olhos, penso. Penso muitas vezes em como mudar a minha vida, em como ser alguém melhor. Quase me deixo adormecer mas acordo abruptamente com o som da porta da sala bater, pois a janela estava aberta, fazia corrente de ar, deixo que o vento leve do meu pensamento, aquilo que não quis ficar, aquilo que é supérfluo ou até mesmo prejudicial para mim. Quero sentir melhor o vento, quero sentir que nasci para ser feliz, quero que todo o cansaço vá embora e me deixe a voar, ao som da melodia do vento. Caminho para a janela e a emoção vai crescendo, abro a cortina e o meu coração bate cada vez mais forte, o sentimento cresce e as lágrimas descem vacilantes por o meu rosto, chegando a ponta do meu queixo onde desaparecem com um sopro do vento. Os meus cabelos fazem movimentos perfeitos no ar. Estou a voar, estou em outro planeta.

andreia dias

Comente com o Facebook:

15 comentários: